Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Terça-feira, 06.08.13

Planos para hoje

 

No final do dia, tem que estar feita a programação do MEO Kanal de dança. 

(saradobie.worldpress.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por oturnodanoite às 10:44

Segunda-feira, 20.02.12

danças pró engate

Vejo a dança como uma forma de expressão, um hobbie, um desporto, uma terapia e uma forma de estar na vida. Por isso, quando me vêm com a conversa da dança e do engate...até as unhas se me encaracolam!!

 

Acho curioso (mas parvo vá...e básico..) quando falo com pessoas que associam imediatamente a dança ao engate. Pronto, fazem isso porque é o que lhes vem primeiro à cabeça e também porque nessas cabeças "vêm poucas coisas" certamente. Estas pessoas não têm culpa...normalmente (em todos os casos que conheço mas admito que haja casos em que assim não seja) essas pessoas não são "do meio da dança", não sabem o que é o verdadeiro "prazer de dançar pela dança" porque ou não gostam de dançar ou iam para as discotecas para o quê? Pois claro, para o engate.

Há muitos anos que ando na dança e em escolas de dança diferentes e constato uma realidade interessante: aqueles que vão para a dança por outro motivo que não pelo prazer de dançar vêem-se a léguas!! São aqueles que vão porque uma amiga/o vai, vão porque estão sem namorado/a, vão porque está lá uma pessoa que lhes interessa ou vão porque o namorado/a insistiu para irem. Isto, meus amigos, não me parece ser classificado como "ir dançar pelo prazer de dançar". E é bonito de se ver! Ao longo dos anos que andei nas escolas de dança verifiquei que estas pessoas são as que:

- Arranjam namorado/a e pumbas, desistem da dança (algumas até tinham muito talento);

- A amiga desiste, desistem da dança (como quando vão à casa de banho aos pares);

- A pessoa por quem andavam embeiçados desiste (ou casa com outro!) e desistem porque esse era o "motivo" do gosto pela modalidade;

- Têm filhos, desistem porque "ah e tal a maternidade" (esta é uma carta sempre trunfo de jogar porque nem toda a gente os tem);

- Mudam de emprego, casa, cidade e desistem...

 

Quem gosta de dançar, na minha mais humilde opinião, não desiste porque:

 

- Quando arranjam namorado? ele/a compreendem que o outro gosta de dançar e respeita ainda que não goste;

- Se o amiguinho colorido desiste? no problem, há muitos parceiros para dançar...

- Têm filhos? Não faz mal. Dançam grávidas até aos sete meses e quando o bebé tem um mês deixam-no com o marido/mulher uma hora por semana para irem dançar! Tiram o leite com a bomba se for preciso hã??!!! (conheço casos!!)

- Mudam de emprego, cidade, país? Procuram a escola de dança ou a discoteca mais perto e se não houver, sabem o que fazem???'

Fecham a porta do quarto, maquilham-se, vestem um top e dançam em frente ao espelho até ficarem cansadas está bem????? Está bem?? (pronto, sem nervos)

 

É facil julgar os outros pelos nossos valores e comportamentos.

Dançar não é "pra nada nem pra ninguém...é pra nós". Mái nada!

 

É só a minha humilde opinião :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por oturnodanoite às 20:11


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Posts mais comentados